sábado, 30 de maio de 2015

Resenha Doce Vampira - Ju Lund

                                                  Resenha Doce Vampira - Ju Lund






Editora: Avec
Autor(a): Ju Lund
Edição: 2ª.




Sinopse: “Eduarda de Ávila é uma jovem de 17 anos, que estudou a vida inteira em escola pública, mas no último ano do ensino médio sua mãe, como havia planejado, a transferiu para uma instituição particular. Foi nesta nova escola que Duda, deslocada, conhece a sensual e divertida vampira Esther. Passando mais tempo juntas ao realizar trabalhos, a amizade das duas cresce e um novo sentimento inesperado surge.
A família de Duda não aceita o relacionamento e ao completar 18 anos ela foge com Esther. Descobre que nem tudo iria ser tão fácil e na casa da vampira, Duda conhece a sua misteriosa família e amigos. Em meio a ciúmes, intrigas, segredos e dilemas, Eduarda terá que enfrentar tudo isso para continuar com sua Doce Vampira. Será que esse amor é forte o suficiente?”
Resenha: 
Eduarda Ávila tem 17 anos, e, para melhor preparo para a universidade, ou pelo menos é o que a mãe de Duda fala, a garota muda de colégio, de público para particular. No novo colégio, se passa uma semana sem que Duda faça amigos, até que uma novata vai para a escola; Esther. Esther é linda, com seus cabelos negros, estilo diferente, (sempre com botas de cana alto e salto fino), e, sua maior particularidade, é o fato de ser vampira. Rapidamente, Duda e Esther se tornam amigas inseparáveis, mas com o tempo, elas percebem que sua amizade cresce em direção à uma nova direção; o amor. 
As fofocas surgem por toda parte, chegando aos ouvidos dos pais de Duda, os quais proíbem as duas de se encontrarem. Esther é expulsa do colégio, e, ainda por cima, Duda perde suas outras poucas amizades. Quando a tristeza parece ser o único sentimento em sua vida, Duda recebe uma mensagem de Esther, e uma luz aparece. Fugindo de casa, na noite seguinte à que completou 18 anos, ou seja, alcançou a maioridade, Duda vai para a casa de Esther. Lá, ela conhece a família da namorada, mas o que era para ser temporário e uma visita para conhecer os parentes de Esther, se torna uma enigmática e estranha estadia.
Com sua linguagem fácil, e ao mesmo tempo culta, Ju Lund te prende ao livro ao mesmo tempo em que Duda e Esther fazem o mesmo. "Coisas" e fatos que deveriam ser "normais", se tornam misteriosos, e até mesmo estranhas, instigando a curiosidade do leitor. No início, a leitura nos prende por causa da curiosidade em relação à história de Esther e Duda, mas após a fuga de Eduarda, o que nos prende é o mistério por trás da família de Esther, e de seu comportamento quando está perto de sua "criadora".
O final, totalmente inesperado, faz o leitor clamar por mais, enquanto sofre ao mesmo tempo em a personagem sofre.
Crítica final: Talentosa, Ju Lund trás um toque de romance e paranormalidade ao mesmo tempo em que trás mistério, até mesmo em coisas simples. Após a leitura, o leitor clama por mais obras da autora, e, claro, a continuação de Doce Vampira.
"Mas o amor é assim, não tem regras, você vive o sentimento ou sofre por ele."
Recomendo a leitura.
Obrigada pela atenção, galera! E, quem se interessou pelo livro, entre em contato com a autora;